Exposição criada em projeto no IHAC é selecionada como destaque de 2021

Exposição criada em projeto no IHAC é selecionada como destaque de 2021

A exposição Um Outro Céu, apresentada em 2021 em conjunto com o Mapeamento de Violações aos Direitos Indígenas no Nordeste do Brasil e nas Regiões Sul e Sudeste do Pará a partir do Projeto Um Outro Céu, foi selecionada uma das melhores do ano passado pela revista Select!. Confira no link select.art.br/melhores-de-2021/.

O projeto, que é desenvolvido no IHAC com a coordenado pelo professor Felipe Milanez (IHAC/UFBA), em parceria com outras universidades (Sussex, UFRB e UNEB) em uma rede mais ampla, organizou um comitê composto por indígenas pesquisadores do Um Outro Céu; pelo artista e designer Denilson Baniwa; pela pesquisadora Cristiane Pankararu; por representantes da comunicação da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme), Alexandre Pankararu e Graciela Guarani; com a artista e professora do Bacharelado Interdisciplinar em Artes da UFBA Paola Barreto; e com a representação do Núcleo de Ações Afirmativas (Nuade) da Universidade Federal do Sul e do Sudeste do Pará (Unifesspa), para conferir a 15 artistas o prêmio de reconhecimento por seus trabalhos e trajetórias:

Ailton Krenak (Minas Gerais), Arawi Suruí (Pará), Arissana Pataxó (Bahia), Benício Pitaguari (Ceará), Edivan Fulni-ô (Pernambuco), Eduarda Yacunã Tuxá (Bahia), Glicéria Tupinambá (Bahia), Irekran Kayapó (Pará), Isael Maxakali (Minas Gerais), Kryt Gavião Akrãtikatejê (Pará), Leide Pankararu (Pernambuco), Lindaura Xukuru-Kariri (Pernambuco/Alagoas), Olinda Yawar Tupinambá (Bahia), Reginaldo Kanindé (Ceará), Ziel Karapotó (Alagoas).

Sobre a indicação, Milanez destaca:

Uma linda noticia em meio a tantas tristezas, ainda mais que esse projeto teve o objetivo de documentar as violências durante a pandemia e, sobretudo, de apoiar artistas indígenas através de uma premiação em parceria com a Fapex (Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão).

Em breve estará também no site do Projeto (umoutroceu.ufba.br) uma continuidade da exposição, desta vez intitulada Arte e Ecologia, feita com artistas que vivem numa das regiões mais violentas da Amazônia, no sudeste do Pará, em homenagem a Zé Cláudio e Maria, casal de ambientalistas assassinados em 2011 por pistoleiros.

Deixe uma resposta