I Colóquio Ciência, Raça, Cultura e Sociedade / Exposição Ciência, Raça, Literatura e Sociedade

Speakers

Leonardo Sebiane
Coordenador do Prof-Artes / Coordenador do BI em Artes Diurno

Start

29 de junho de 2015 - 09:00

End

3 de julho de 2015 - 17:00

Address

Auditório do PAF 5 / Instituto de Biologia   View map

O colóquio tem o objetivo de articular pesquisadoras/es e estudantes de graduação e pós-graduação; integrar grupos de pesquisas e pesquisadoras/es da UFBA que trabalham com temas pertinentes às relações entre as ciências das vida, as ciências sociais e o conceito de raça enquanto construto biológico e realidade social; à aplicação da Lei 11-645, que torna obrigatório o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena no ensino fundamental e médio público e privado; a imigração em perspectiva histórica e contemporânea.

A exposição pretende apresentar o processo histórico de construção do conceito de raça pelas ciências naturais, contemplando também tentativas científicas de desconstrução do conceito, assim como algumas das suas polêmicas (re)configurações científicas na contemporaneidade. Procura-se construir o argumento de que as distinções científicas propostas pela categoria de raça –entendida aqui como mito biológico, porém como inegável realidade social- estiveram comprometidas com processos culturais de alterização (construção de outr@s), por meio dos quais determinados grupos sociais promoveram a segregação e marginalização de outros grupos e indivíduos, justificando cientificamente a sua pretendida inferioridade/subalternidade em termos biológicos. A exposição pretende contribuir, desde o ensino de ciências, para a aplicação da lei 11.645, que torna obrigatório o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena. Principalmente atendemos aqui à responsabilidade histórica da ciência na legitimação do racismo, por meio de uma reconstrução de episódios da históriado racismo científico,e da sua influência na sociedade brasileira, estendendo-se também a outros temas, como o gênero. Também é apresentada uma breve amostra de como o cientificismo na questão racial foi tratado desde múltiplas perspectivas na literatura brasileira. Pretende-se problematizar, assim, desde a interdisciplinaridade, facetas significativas das complexas relações entre ciência, tecnologia e sociedade. A exposição atual é fruto de um processo de construção coletiva de estudantes de graduação dos Bacharelados Interdisciplinares e da Licenciatura em Biologia da UEFS e da UFBA, junto com estudantes de pós-graduação do Programa de Pós-graduação em Ensino, História e Filosofia da Ciências (UEFS/UFBA), e de professores e pesquisadores do IHAC, do GCPEC(UEFS) e doLEFHBio (UFBA).

Quando:

Semestre I: de 29 de junho a 3 de julho de 2015.

Realizadores (as):

Juan Manuel Sanchéz Artega;

Fernanda Rebelo Pinto;

Leonardo Serbiani;

Demais Participantes:

Eliane Santana de Souza;

Osnildo Andrade Carvalho;

Rita Cineia Menezes Silva;

Edmo Fernandes CArvalho;

Camile da Silva Torres;

Inscrições no local

Inscrições

Deixe uma resposta